No próximo fim de semana, 28 e 29 de maio, a emblemática Pista do Figueiredo acolhe a 5.ª Etapa Taça de Portugal Downhill, organizada pelo Team Ribeirense que pertence ao Clube Desportivo Ribeirense. O diretor de prova, Nuno Louro, garante que da parte da organização tudo foi feito para que as «condições fossem as melhores»: «Fizemos melhoramentos na pista, vamos ter uma parte completamente nova devido a uma ponte que foi criada na zona da ecopista, já não vamos ultrapassar a ecopista como habitual, mas sim atravessar uma passagem superior». Até ao fecho desta edição d’O Portomosense as inscrições ainda não estavam fechadas, mas Nuno Louro esperava uma adesão positiva. «As inscrições estão a decorrer na plataforma da Federação Portuguesa de Ciclismo, já serão por volta de 100 mas estamos a apontar para que ronde as 200, talvez possamos conseguir ultrapassar os 200 atletas», admitiu. Em termos de público, o responsável também está otimista. «Sendo esta uma prova conceituada a nível local e nacional, até porque o downhill já começou aqui em Porto de Mós há mais de 30 anos, os pilotos e o público conhecem a Pista do Figueiredo e Porto de Mós, acredito que poderá ser um fim de semana em que as pessoas vão marcar presença», refere Nuno Louro. O sábado, 28, será dedicado apenas aos treinos entre as 9 e as 18 horas. Já no domingo, o dia começa cedo, pelas 8 horas também com uma «pequena sessão de treinos». Para as 11 horas está marcada a qualificação e a final para as 14 horas. Os atletas vão estar divididos por um total de 17 escalões.

Com Inês Neto Silva