Durante o ano de 2021 foram recolhidas 14 625 toneladas de resíduos para serem reciclados, sendo que foram depositadas 5 982 toneladas de papel/cartão, 5 809 toneladas de vidro e 2 833 toneladas de embalagens de plástico e metal. Foi possível poupar 89 mil árvores, recuperar metal suficiente para permitir fabricar mais de 42 milhões de latas de 0,33 litros, a quantidade de plástico para produzir mais de 6,9 milhões de t-shirts XL e vidro que vai possibilitar criar cerca de 16,5 milhões de garrafas de 0,75 litros, de acordo com dados da empresa, enviados à nossa redação.

A administradora-delegada da Valorlis, Marta Guerreiro, salientou em comunicado, que foi possível verificar que este foi «mais um ano, em que os munícipes da nossa área de atuação continuam comprometidos com a causa da reciclagem e disponíveis para colaborar neste esforço de tornar a região uma referência em matéria de reciclagem. Este é um esforço conjunto que teremos que potenciar», sublinhou.

A Valorlis tem disponível uma rede de 1 763 ecopontos que se encontram distribuídos pelos seis municípios da área onde intervém, são eles Porto de Mós, Batalha, Leiria, Ourém, Marinha Grande e Pombal. Esta rede encontra-se complementada com o serviço de recolha porta-a-porta em comércios e serviços e programas de incentivo à separação e reciclagem junto das escolas e instituições.