A Câmara Municipal está a trabalhar na elaboração de um regulamento para o exercício de autocaravanismo no concelho de Porto de Mós que, entre outros, promova uma maior circulação pelo território concelhio dos turistas que se deslocam em autocaravanas.

O vice-presidente, Eduardo Amaral, explicou na reunião em que a abertura do procedimento para a elaboração do projeto de regulamento foi aprovada, que o que se nota é que «os caravanistas estão demasiado tempo no mesmo sítio», nomeadamente nos parques de Porto de Mós e de Mira de Aire e «é necessário criar aqui um circuito para que eles possam querer conhecer o concelho melhor e também libertar espaço para que novos venham».

De acordo com o responsável autárquico, numa altura em que a Câmara está a criar dois pontos de caravanismo novos, um junto ao parque de campismo de Arrimal (também ele alvo de intervenção para finalmente poder ser aberto ao público nas devidas condições) e outro em São Bento, faz todo o sentido a definição de uma estratégia de circulação do autocaravanismo pelo concelho e que essa tenha em conta, precisamente, a nova realidade e também a experiência adquirida nos atuais dois pontos.

Na área de servico de autocaravanismo de Porto de Mós, instalada no Parque Almirante Vítor Trigueiros Crespo, a pernoita é gratuita e há um conjunto de serviços grátis disponíveis. Os autocaravanistas têm, ainda, à disposição, quatro pontos de eletricidade que podem usar livremente. Em Mira de Aire, a área está instalada na Avenida Mota Pinto, junto ao pavilhão gimnodesportivo e estádio do União Recreativa Mirense e disponibiliza também vários serviços gratuitos.

ISIDRO BENTO | texto