O Município de Porto de Mós vai lançar pela primeira vez o Festival do Folar e dos Licores. Esta iniciativa vai realizar-se nos dias 9 e 10 de abril, em simultâneo com programação da Semana Santa e do Festival do Cabrito e do Borrego. Apesar de serem eventos autónomos, a lógica é que se interliguem e dinamizem o concelho. «Queremos que as pessoas sintam e vivam este tempo no nosso concelho e daí esta abordagem diversificada e com várias ofertas, queremos posicionar Porto de Mós de uma forma diferente em termos de oferta turística», frisa o vereador da Cultura, Eduardo Amaral.

Para a realização desta primeira edição foi «lançado um convite às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) que sempre fizeram os folares»: «Achamos por bem recuperar outro produto que o concelho sempre teve, com qualidade», salienta o também vice-presidente da Câmara. No entanto, o desafio não é apenas lançado às IPSS mas também à comunidade em geral que queira participar e também a outras instituições e pastelarias. «É uma forma de valorizar o produto e procurar também ter alguma receita financeira», afirma. Uma das “condições” para participar, refere Eduardo Amaral, é não fugir «às receitas tradicionais que se sempre se fizeram e que se continuam a fazer».