Ficou ontem em prisão preventiva, um homem de 27 anos, que foi detido, no concelho de Porto de Mós, por violência doméstica. A ação foi levada a cabo pelo Comando Territorial de Leiria da GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, na quarta-feira.
De acordo com nota enviada à nossa redação, «os militares da Guarda apuraram que o suspeito infligiu maus-tratos verbais, psicológicos e ameaças, durante a relação de cinco anos, contra a vítima, sua companheira de 24 anos. Além disso, foi possível apurar-se que o agressor chegou mesmo a agredir a vítima fisicamente, incluindo na presença dos seus três filhos menores».

Tendo já antecedentes criminais relacionados com o mesmo tipo de crime e pelos quais foi condenado, o homem, presente a primeiro interrogatório ontem, no Tribunal Judicial de Leiria, ficou, então, em prisão preventiva.