Foto: Jéssica Moás de Sá

O concelho de Porto de Mós está representado no Orçamento Participativo Jovem (OPJ) nacional. Entre os 232 projetos a votação, está um com influência direta no concelho, nomeadamente na freguesia do Alqueidão da Serra. O proponente é Luís Boal, que venceu a primeira edição do Orçamento Participativo de Porto de Mós, e a proposta tem o nome Peregrinar em Segurança.

Na descrição do projeto, o jovem refere que há muitos peregrinos, que se dirigem a Fátima, a passar pelo Alqueidão da Serra e que considera necessário «implementar algumas fontes de segurança nesse percurso e nas curvas de menor visibilidade». Na prática, propõe que «desde a variante de Casais dos Vales até ao Chão Falcão», se coloque «iluminação led», se construam duas zonas de descanso, com bancos, e sejam colocadas «placas de informação e sinalização», assim como marcadas «passadeiras e talvez colocação de guardas (paus) para passagem dos peões junto às passadeiras». Luís Boal acrescenta ainda que «seria um projeto inovador e do agrado de todos». O projeto, com o número 159, tem um orçamento previsto de 75 mil euros.

Podem participar e votar no OPJ todos os cidadãos portugueses ou a residir em Portugal, com idades entre os 14 e os 30 anos, inclusive. Desde o dia 22 de junho que o processo está em fase de votação, que se estende até 4 de agosto. A votação pode ser feita no site opjovem.gov.pt ou através de mensagem de texto gratuita enviada para o número 4310, que deve conter o seguinte: número do projeto (espaço), número completo do Cartão de Cidadão (espaço) e a palavra “autorizo”.