No ano passado, no Município de Porto de Mós, foram retirados cerca de 110 ninhos de vespa asiática, revelou o presidente da Câmara, Jorge Vala. Este ano, e em consequência da distribuição por todo o concelho de armadilhas adquiridas numa primeira fase pelo Município e depois no âmbito de uma candidatura da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL) ao POSEUR, até agora foram retirados apenas 10 ninhos, o que leva o autarca a considerar que «o investimento da CIMRL mas também o processo das armadilhas aparentemente estão a funcionar».