Em São Bento está prestes a nascer um monumento que servirá para homenagear antigos combatentes que participaram na Primeira Guerra Mundial ou na Guerra do Ultramar. «Quase todas as famílias de São Bento tiveram pessoas na Guerra e começámos a ver que a nossa freguesia provavelmente seria a única que ainda não tinha feito algo para as homenagear», justifica o presidente da Junta de Freguesia, Tiago Rei. A urgência na construção deste monumento deve-se não só à chegada do fim do mandato, como também à conveniência do momento. «Se nós deixarmos passar mais tempo, se calhar deixa de fazer sentido pois não estará cá ninguém. Agora ainda vamos tendo pessoas para presenciar essa homenagem e acho que se deve homenagear as pessoas enquanto elas cá estão», explica.

Para o autarca, tanto a Primeira Guerra Mundial que durou quatro anos (1914-1918), como a Guerra do Ultramar, esta mais longa, cujo início remonta a 1961 e que terminou em 1974, com a Revolução dos Cravos, foram acontecimentos que «marcaram» as pessoas e por isso, não tem dúvidas de que o dia da inauguração, ainda sem data prevista, será recheado de emoções fortes. «Isto mexeu com as pessoas e tenho a certeza que no dia da homenagem também vai mexer», frisa.

Paralelamente ao monumento que será construído, a autarquia lançou o repto, através da sua página de Facebook, para que quem tenha fotografias dessa altura as possa enviar para criar um «espólio fotográfico». O desafio foi recebido pela população de forma positiva e entretanto já receberam «mais de meia dúzia» de imagens. A maioria foi entregue por familiares, mas houve também quem tivesse participado na Guerra e as fosse entregar diretamente. «Olhar para as fotografias, emociona. São retratos da Guerra ou dos convívios que eles tiveram», desvenda o presidente da Junta, confessando o desejo de também poder vir a receber fotografias da «partida para a Guerra», como por exemplo, dos combatentes nos barcos. O autarca escusou-se, para já, a revelar qual o local onde ficará este monumento de homenagem, assim como a data da sua inauguração.