Depois do êxito da primeira iniciativa que reuniu mais de 4 000 obras, Serro Ventoso já tem em marcha uma nova campanha de angariação de livros para clubes de leitura e bibliotecas de Angola.
Se nesse primeiro momento a ajuda veio essencialmente de entidades coletivas, públicas e privadas, não só em termos de ofertas mas também em todo o processo logístico, agora a campanha ganha mais força junto da comunidade local.

Muitos filhos da terra tomaram conhecimento da iniciativa, através da página da Junta de Freguesia local na internet e das redes sociais, numa altura em que o processo já estava bastante adiantando e, então, de pronto, se disponibilizaram a ajudar caso fosse organizada nova campanha, o que efetivamente veio a acontecer.

Face ao interesse manifestado por pessoas da freguesia mas também de outros pontos do concelho e da região a Junta decidiu avançar com nova angariação. Assim, quem tiver livros em bom estado de conservação ou mesmo novos e os queira oferecer para serem utilizados em bibliotecas e clubes de leitura de Angola pode entregá-los, de segunda a sexta-feira, das 9 às 16h30 na sede da Junta de Freguesia. Do transporte se encarregará a Junta, esperando voltar a contar com a preciosa ajuda de parceiros beneméritos.

Já em Angola, os livros serão distribuídos por uma associação de apoio a organizações de solidariedade social, nas zonas de Luanda, Benguela, Huíla e Namibe. A promotora da iniciativa aceita todo o tipo de livros e para todas as idades (escolares e não escolares, ficção, não ficção, técnicos…).

Em declarações a O Portomosense, o presidente da Junta de Freguesia de Serro Ventoso, Carlos Cordeiro, mostra-se satisfeito com esta ação benemérita, recordando a importância que tem num país onde há muita gente a viver em más ou muito más condições e para quem o acesso à Cultura é algo extremamente difícil. Conhecendo o espírito solidário dos seus fregueses mas também da restante população do concelho, Carlos Cordeiro não têm dúvidas que esta segunda campanha voltará a ser um êxito.