Porto de Mós tem sete empresas na lista das PME Excelência 2020. Selecionadas pelo IAPMEI e pelo Turismo de Portugal do grupo das PME Líder, são elas: Construções Boal & Boal Unipessoal, Lda.; Deartis – Comércio e Indústria de Cerâmica Artística, Lda; Germano & Cordeiro, Lda.; Mármores Garcogel, Lda.; Revesperfil – Perfis e Revestimentos, Lda.; Ruifer – Instalações e Reparações Elétricas, Lda.; e Transportes Valente & Valente, Unipessoal, Lda. Estas empresas inserem-se nas seguintes categorias/setores de atividade: Construção de edifícios (residenciais e não residenciais); Fabricação de artigos de uso doméstico de faiança, porcelana e grés fino; Extração de mármores e outras rochas carbonatadas; Extração de calcário e cré; Fabricação de estruturas de construção metálicas; Instalação elétrica; e Transportes rodoviários de mercadorias, respetivamente.

Ao nível do distrito são 214 as empresas, constantes da lista de 2 865 em todo o país. O concelho de Leiria lidera com 76 empresas. Segue-se Alcobaça e Pombal, com 29 cada, Marinha Grande com 15, Caldas da Rainha com 12, Batalha e Peniche com 10 cada, Nazaré com o mesmo número de Porto de Mós, ou seja sete, seis em Ansião, o mesmo número que no Bombarral, cinco em Óbidos, e Figueiró dos Vinhos e Alvaiázere com uma cada. O distrito representa 7,5% das distinções a nível nacional.

De acordo com o site do IAPMEI, «o estatuto PME Excelência é atribuído pelo IAPMEI e pelo Turismo de Portugal (no caso das empresas do Turismo) em parceria com um conjunto de bancos parceiros e as Sociedades de Garantia Mútua». Este é um selo que «permite às empresas relacionarem-se com a sua envolvente – fornecedores, clientes, sistema financeiro e autoridades nacionais e regionais – numa base de confiança facilitadora do desenvolvimento dos seus negócios. Para empresas exportadoras e com ambição internacional, o estatuto PME Excelência é particularmente relevante, constituindo um fator de diferenciação e uma garantia da solidez e idoneidade das empresas».