Várias centenas de pessoas juntaram-se, na passada sexta-feira, dia 3, atrás da sede do clube, em Serro Ventoso, para assistir e participar em mais uma edição do Crianças ao Palco, a iniciativa que coloca os alunos do primeiro ciclo a cantar, em cima de um “grande” palco e com uma banda “a sério”. À fase final desta quarta edição chegaram 12 crianças, tendo-se sagrado vencedor Simão Grazina, da EB1 do Juncal, que interpretou Melodia da Saudade, de Fernando Daniel. O segundo lugar coube a Margarida Correia, do Centro Escolar de Porto de Mós, que cantou Avião de Papel, de Carolina Deslandes e Rui Veloso. A fechar o pódio ficou Santiago Gomes, da EB1 n.º1 de Mira de Aire, que decidiu entrar no papel de Tim, dos Xutos e Pontapés, para cantar Circo de Feras. A concurso estiveram ainda Nuno Silva, Mariana Ramos, Lídia Morais, Gabriel Adão e Marta Carreira do Centro Escolar de Porto de Mós; Gabriel Mota da EB1 de São Bento; Rita Jordão da EB1 do Juncal, Diana Marques do Centro Escolar de Pedreiras; e Sara Pires da EB1 da Fonte do Oleiro. Em palco, a abrir e a fechar o espetáculo, estiveram os concorrentes do ano passado que, por força das restrições impostas pela pandemia, não puderam levar a sua participação até ao fim. As 12 crianças encerraram o espetáculo com a canção Pedra a Pedra, feita no âmbito da candidatura dos muros de pedra seca às 7 Maravilhas.

Desengane-se quem pensa que a competição começa e acaba em cima do palco. As claques também são avaliadas, tendo a banda e o apresentador, o juncalense Miguel Leitão, escolhido a claque do Centro Escolar de Pedreiras como grande vencedora. O grupo de alunos, pais, professores, educadores e auxiliares, contando ainda com o apoio da Junta de Freguesia, ganhou 100 euros para gastar em material didático para a escola. A abrilhantar os momentos de pausa no concurso, houve atuações do Ginásio O2 e da escola DiArteDance.

O Crianças ao Palco é um projeto que nasceu da ideia do portomosense Paulo Sanches e de Sérgio Fernandes, que tem sessões em vários concelhos da região e não só. No caso de Porto de Mós, teve como júri o presidente da Câmara Municipal, Jorge Vala; o maestro e professor Flávio Ulisses; o professor de música do Conservatório de Música e Artes do Centro, Alexandre Rodrigues; e o cantor Luís Trigacheiro, que atuará nas Festas de São Pedro, este ano.

Fotos | Catarina Correia Martins