Foto: Catarina Correia Martins

Entre 308 Municípios, o site de Porto de Mós ficou em terceiro lugar na categoria “Acessibilidade, navegabilidade e facilidade de utilização”, no âmbito do Índice de Presença na Internet das Câmaras Municipais. Este foi um estudo elaborado pela Universidade do Minho e a Universidade das Nações Unidas, em conjunto com a Agência para a Modernização Administrativa que deram a conhecer os resultados no passado dia 4 de dezembro, em Guimarães. A análise das páginas dos Municípios foi feita entre novembro de 2018 e maio de 2019 e teve em conta um conjunto de 31 critérios, divididos por quatro categorias: “Conteúdos (tipo e atualização)”, “Acessibilidade, navegabilidade e facilidade de utilização”, “Serviços online” e “Participação”. Porto de Mós foi o único município do distrito de Leiria a ser distinguido numa cerimónia que foi presidida pela Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão.

A página do Município, nos modelos atuais, está disponível há precisamente um ano e já no momento em que se apresentavam as novas linhas para este site, era objetivo criar uma «ferramenta mais intuitiva, mais moderna, mais acessível» e que apresentasse «tudo aquilo que de bom o concelho tem», frisava, na altura, Jorge Vala. O presidente, que subiu agora a palco para receber esta distinção, tinha também como meta, há um ano, que a página do Município fosse «apelativa para os que são de cá, mas também para que quem» fosse de fora pudesse «à distância de um clique usufruir daquilo que são as maravilhas de Porto de Mós». A página agora considerada de fácil acessibilidade e navegabilidade foi construída para ser «responsiva», garantia dada também há um ano por Jorge Wilson da empresa Wiremaze, responsável pela criação do site. Isto significa que «pode ser visto em telemóveis, tablets e computadores».

No primeiro lugar do pódio do ranking global nacional do Índice de Presença na Internet das Câmaras Municipais 2019 ficou Vila Nova de Cerveira, concelho do distrito de Viana do Castelo. Seguiram-se os concelhos de Murça, distrito de Vila Real e Cascais, distrito de Lisboa.