Tiago Bispo, residente na Cruz da Légua, na freguesia de Pedreiras, estudante do 3.º ano da licenciatura em Gestão da Restauração e Catering, da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) do Politécnico de Leiria, venceu o concurso Jovem Talento da Gastronomia, na categoria Artes da Mesa ICEL. A competir nesta categoria estavam mais cinco estudantes de escolas de vários pontos do país.

«Sinto-me muito feliz e realizado. Não estava a espera de ganhar, mesmo sabendo ter dado tudo o que sabia e o que não sabia também. Estou muito feliz e é um elemento muito importante para o meu currículo e para o meu seguimento na área da restauração», disse o jovem, em declarações ao nosso jornal.

A prova final decorreu no dia 8 de fevereiro e «tinha três etapas. A primeira foi um teste de 15 perguntas de escolha múltipla», em que Tiago Bispo diz não ter sentido «muita dificuldade», pois considera que «estava bem preparado, devido a ter disciplinas no curso», referiu. A segunda parte da prova consistiu «na execução de um mise-en-place» com um menu dado na hora, procedimento que o jovem disse ter executado «sem nenhuma dificuldade». «Aconselhei um vinho da região, mais concretamente da zona de Alcobaça, e decantei esse mesmo vinho em frente ao júri. A margem de erro é importante não existir, porque é um processo onde se vê a técnica, e acho que nesse ponto consegui também não errar. Acho que foi um dos principais fatores que me fez conseguir este resultado», considera. A última parte da prova consistiu na «harmonização de um queijo português com um vinho». O jovem portomosense usou «produtos da região, o mel da zona das Pedreiras e o vinho da zona de Óbidos». «Como não temos nenhum queijo aqui na nossa zona, optei por um queijo da zona de Lisboa, não muito conhecido, também para despertar a atenção dos jurados na harmonização entre o queijo e o vinho, mas tudo com um significado e com um equilíbrio entre os sabores de ambas as coisas, ou seja, não foram produtos escolhidos só por acaso. Tinham um sentido para estarem presentes na prova», explicou o jovem de Porto de Mós.

O Fórum Jovem Talento da Gastronomia decorreu no dia 9 de fevereiro onde foi divulgado o vencedor. Tiago Bispo reconhece que este resultado «irá ter enorme importância» no seu futuro, já que «um dos prémios foi a oportunidade de ter um contrato de trabalho com o grupo Plateform», que faz parte de um grupo de restaurantes «de um chef de renome, Henrique Sá Pessoa».

O concurso Jovem Talento da Gastronomia decorre desde 2009 e é direcionado a jovens profissionais e estudantes de hotelaria e restauração (cozinha, pastelaria, bar, serviço de sala e gestão), com idades até aos 25 anos, que se encontrem a estudar numa escola da área em território nacional.

Revisão | Catarina Correia Martins