Pergunta pela Eva é o nome da segunda e última fase da campanha contra a violência sexual que está a ser desenvolvida pela Associação Mulher Século XXI em todo o distrito de Leiria. Se numa primeira fase, a campanha era direcionada ao público em geral, desta vez é destinada a «vítimas e potenciais vítimas de violência sexual». Susana Pereira, a presidente da associação de Leiria, explica que esta é uma forma de «mostrar às vítimas» que têm mais uma porta aberta para o caso de estarem a precisar de ajuda e por isso, o grande objetivo é «incentivar as vítimas a pedir ajuda».

Esta campanha será feita, sobretudo, em locais de diversão noturna (bares e restaurantes) do distrito, onde constará «informação privilegiada» para vítimas ou potenciais vítimas de violência sexual. «Num espaço previamente definido – que não poderei revelar – as vítimas vão encontrar uma informação onde poderão pedir ajuda», refere. Por outro lado, Susana Pereira garante que todo o staff desses estabelecimentos terá conhecimento sobre os contornos da campanha e que estará preparado para agir caso alguém “pergunte pela Eva”.

Sobre a importância e o impacto de existirem campanhas como esta, que está a ser desenvolvida pela Associação Mulher Século XXI, Susana Pereira, é perentória: «Qualquer iniciativa que tenha a ver com uma das fases da violência doméstica (e a violência sexual é uma delas) é extremamente importante porque faz com que se chame a atenção. Além disso leva a que cada vez mais tenhamos a consciência de que temos que olhar à nossa volta, não podemos olhar só para nós», conclui.

Com Inês Neto Silva