Armindo Vieira

Achegas para a história local (2) – A população no concelho em 1801 e 1901

25 Mai 2022

No semanário “O Portomozense” de 10 de outubro de 1900, uma local com assinatura de A. de Jesus e Silva, refere o seguinte: «Agora que se vae proceder ao recenseamento geral do país», não se acha descabido «darmos, por freguesia o número de fogos e de almas que o antigo concelho de Porto de Mós contava em 1801», que talvez pudesse ajudar no que se vai fazer podendo «ajuizar do seu augmento».

Recorde-se que o concelho de Porto de Mós havia sido extinto em 1895, passando a pertencer ao concelho de Alcobaça, voltando ao estatuto de concelho em 1898.

Não precisando o número global de residentes no concelho, o semanário de Porto de Mós, especificava o número de fogos e de almas por freguesias, a saber: «Alcaria 126 fogos e 447 almas, Alqueidão 71 fogos e 295 almas, Arrimal 125 fogos e 515 almas, Alvados 262 fogos e 1 049 almas, Juncal 272 fogos e 1 565 almas, Mendiga 104 fogos e 376 almas, Minde 439 fogos e 1 949 almas, Mira 226 fogos e 731 almas, Porto de Mós, 3 freguezias, hoje resumidas a almas: S. João 305 fogos e 1 255 almas, S. Pedro 474 fogos e 1 686 almas, Santa Maria 165 fogos e 685 almas, e Serro Ventoso 170 fogos e 682 almas».

Estamos em crer que os fogos diziam respeito a habitações e almas aos residentes.

Note-se que consta como pertencendo ao concelho de Porto de Mós, a freguesia de Minde que, em 1898 passou a pertencer ao concelho de Torres Novas e, mais tarde, englobou o concelho de Alcanena.

A freguesia de Santa Maria que fazia parte do núcleo de freguesias de Porto de Mós sede, foi extinta, passando o seu território a fazer parte das freguesias de São João e São Pedro.

Também aparece a freguesia de Mira, referindo-se a Mira de Aire que só mais tarde passou a usar este nome.

Mas o resultado do recenseamento anunciado veio publicado na edição 106 de 6 de fevereiro de 1901 do mesmo jornal, tendo como resultado global 12 998 habitantes, sendo «6 395 machos e 6 603 femeas».

A população estava distribuída pelas freguesias do seguinte modo: Alcaria 285/267, Alqueidão 748/695, Alvados 561/619, Arrimal 378/349, Juncal 947/954, S. João 981/1 027, Mendiga 367/352, Mira 549/687, S. Pedro 1 114/1 188 e Serro Ventoso 465/465.

Verifica-se assim que nas freguesias de Alvados, Juncal, S. João, Mira e S. Pedro, o número de mulheres era superior ao dos homens.

À época ainda não existiam as freguesias de Pedreiras, criada em 1924, Calvaria de Cima, criada em 1925 e São Bento, criada em 1933.

Share This