Ana Luísa Leonardo

Viver a menopausa de forma tranquila e natural

28 Out 2022

Faz parte da vida de todas as mulheres, ainda que numas mais cedo do que noutras, e é um marco na sua vida. Habitualmente a menopausa acontece, nas mulheres portuguesas, entre os 45 e os 55 anos e acarreta alterações com grande impacto no dia-a-dia e na qualidade de vida. Por isso, assinala-se a 18 de outubro, o Dia Mundial da Menopausa. Esta data foi criada com o objetivo de alertar as mulheres sobre as mudanças que ocorrem no seu corpo e incentivá-las a procurar um especialista que as possa auxiliar a viver esta etapa de forma mais tranquila e equilibrada.

A menopausa é um processo biológico normal e natural, que assinala o fim da fertilidade. Com todas as transformações hormonais que se verificam, surge um conjunto de sintomas que podem aparecer de forma mais abrupta ou mais ligeira. Os mais comuns são os afrontamentos e ondas, mas surgem outros como alterações do sono, sintomas depressivos, irritabilidade e alterações de humor, aumento de peso, secura vaginal, diminuição do desejo sexual, fadiga, incontinência urinária, queda de cabelo, secura da pele… São alterações normais e típicas desta fase? Sim, são! É necessário passar por elas sem qualquer ajuda e “sofrer em silêncio”? Obviamente que não!

Todos os organismos são diferentes sendo que há casos de mulheres que conseguem tolerar os sintomas menopaúsicos sem grande desconforto, enquanto outras têm necessidade de controlá-los através de terapêutica. Para quem não quiser recorrer à terapêutica hormonal de substituição, existem alternativas como suplementos que podem minimizar estes sintomas e que ajudam a vivê-los de forma mais pacífica e tranquila.

Seja uma ajuda pontual para dormir melhor, para controlar o apetite, para melhorar o humor ou algo para controlar os afrontamentos, falar com um médico, farmacêutico ou outro profissional de saúde adequado, é fundamental para que juntos selecionem a melhor opção para viver esta fase na sua plenitude.

Importa também relembrar que manter um estilo de vida saudável, sem excessos, com uma alimentação cuidada e com a prática de exercício físico são formas de prevenir o aparecimento de consequências tardias da menopausa, como a osteoporose e as doenças cardiovasculares.

A menopausa não é o fim, mas o início de uma nova fase da vida. Todas as mulheres passam por ela e não podem fugir, mas não é obrigatório que a ultrapassem de forma desconfortável, sofrida ou angustiada. Peça ajuda e cuide de si! Viva feliz na sua menopausa!